Páginas

26 de fev de 2009

Jornal Nacional de Quarta-Feira (25/02/2009)

A medida que as eleições presidenciais se aproximam, os blocos de forças políticas vão se definindo, ou melhor, saem das sombras. As Organizações Globo por meio de sua principal arma jornalística, o Jornal Nacional, demonstrou a qual lado pertence. A ladainha da Crise que arrasaria o Brasil em dois meses não cola mais, apesar das demissões (as últimas foram obras da Embraer). Agora partem em uma ofensiva essencialmente política. Junto com a Veja (Grupo Abril) tentou emplacar a denúncia de quem???? Jarbas Vasconcelos!!! O objetivo: afastar o PMDB do bloco lulista. Ontem, deu voz ao "Ministro" Gilmar Mendes (aquele do habeas corpus do Daniel Dantas). O dignissimo senhor convocou a imprensa como fosse Presidente da República para alertar a sociedade sobre o perigo do MST e para a passividade do Governo Federal frente à escalada da violência no campo (Para o Boris Casoy da Band o MST é um agente promotor do comunismo internacional, agente da subversão)!!! Depois da reportagem sobre os sem-terra (promotores de "invasões" de terras 100% produtivas - sei!!!- assassinos sanguinários - sei!!! ), veio a reportagem da campanha da fraternidade promovida pela CNBB que tem como tema a Justiça e Segurança Publica. Para finalizar vem a notícia de de um padre PETISTA que fora proibido pela Igreja de ministar a missa por defender o uso de camisinha!!! Vejam a lógica: A Suprema Corte ataca governo por não combater a violência , Igreja defende a sociedade e luta pela paz, petista expulso da Igreja. Esta é a Globo!!!!

Nenhum comentário: