Páginas

1 de nov de 2009

"Besouro: cordão de ouro!!!"

Assisti Besouro... Desde pequeno sempre gostei de desenhos animados e gibis. Tinha uns dez anos quando fiquei muito doente. Tinha um vizinho que coleciona quadrinhos do Homem-Aranha, Batman, Super-Man, Lanterna Verde, Homem de Ferro. Cada vez as lembranças desta passagem ficam mais raras, mas lembro do impacto quando li o Lanterna pela primeira-vez (sensação que tive há alguns meses quando li Sandman - O Senhor dos Sonhos). Ontem vi um herói negro e brasileiro nos cinema. Não vou comentar nada sobre o roteiro do filme. Somente sobre sensações... Muitos elementos do gibi, dos filmes de bang-bang, dos desenhos animados... E o principal: a atmosfera em que surgem o heróis, característica presente em boa obras do gênero, é muito bem construída. Esta atmosfera da opressão do povo negro brasileiro é talvez o ponto alto do filme... Um herói mais brasileiro impossível!!! Nada de "anti-herói" tipo Macunaima, um herói como muitos outros, mas que mantem o pé na poeira da fazenda, que tem ligação com as entidades das religiões afro, etc, etc... Talvez o arremate final não tenha sido brilhante, mas isto não diminui Besouro... Quem sabe mais uma aventura de Besouro? Quem sabe Besouro não possa entrar no imaginário das crianças (e dos adultos também)?
"Besouro: cordão de ouro!!!"

Um comentário:

André disse...

Assisti Besouro meio desenganado de como iria ser este filme. Dando um chance pra ele vi que ele não teve piedade para arrebatar a ação e a cultura desconhecida daquela época. Filme muito bem elaborado, recomendo este herói.